Deputada Mara Gabrilli e o “justo” valor da aposentadoria para Lais Souza

No começo desse ano de 2014, um fato chamou a atenção de boa parte do país. Um acidente muito grave interrompeu a trajetória esportiva de Lais Souza.

Para quem não sabe, Lais Souza fazia parte da equipe de ginastica artística brasileira e tentou se aventurar em outro esporte, o esqui. Não foi bem sucedida e um acidente acabou colocando-a numa cadeira de rodas e deixando-a tetraplégica.

Claro que foi um fato lamentável, não porque foi com ela, e sim porque foi com um ser humano. Infelizmente, acidentes que deixam as pessoas nessas condições acontecem todos os segundos, minutos, horas, dias, em todos os cantos do mundo.

O que mais me chamou a atenção foi ver que uma deputada, Mara Gabrilli (PSDB), fez das tripas coração para conseguir junto ao congresso nacional uma aposentadoria por invalidez para a ex-atleta no valor, pasmem meus leitores, de R$ 4390,24 reais que seria o teto da previdência nesse tipo de aposentadoria.

aposentadoria_invalidez

Leiam o texto sobre essa situação, que eu considero um absurdo e vou explicar o por que.

Camara aprova aposentadoria por invalidez para Lais Souza, um projeto da deputada Mara Gabrilli.

Leram? Agora vou explicar o por que de eu ser contra.

É bem simples… vejam, a ex atleta é uma cidadã como qualquer outro e teria, eu disse teria, direito a qualquer tipo de beneficio como qualquer pessoa, mas… ela não tem tempo de contribuição para requerer esse beneficio, que são de 180 meses, no mínimo.

Existem milhões de pessoas no Brasil que teriam ou tem, sei lá, direito a esse tipo de aposentadoria, inclusive um deles é o pai do que vos escreve agora. Mas ele não recebe esse valor de mais de 4000 reais, ao contrario, não chega nem na metade disso. E eu pergunto: Por que? Por que uma pessoa que contribuiu sua vida toda para a riqueza do país e teve sua trajetória profissional interrompida por um acidente de trabalho (trabalho mesmo!) não tem direito ao teto e a moça citada na matéria tem esse direito?

Leiam o texto do Renato Follador, um blogueiro do site da Band, onde ele questiona mais ou menos o que eu digo aqui.

Eu acabei entendendo, de maneira torta, porque a moça “merece”e meu pai e tantos outros não merecem esse teto da previdência. Sabem por que? Simples, a moça é uma (ex) atleta reconhecida, que gera votos, que se expõe na midia, que gera visibilidade para a deputada Mara Gabrili (PSDB), já meu pai e tantos outros não, eles não aparecem na mídia, eles não geram votos, eles apenas aparecem nas estatísticas, mas perante a essa deputada e vários outros PASPALHOmentares, eles simplesmente não existem.

O blog é democrático, se a “nobre” deputada quiser vir aqui expor sua opinião e tentar explicar tudo que eu mencionei aqui, ela fique a vontade. Ok deputada Mara Gabrilli?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s